Origens

O pompoarismo tem sua origem no Tantrismo, uma vertente da Yoga, onde são praticados rituais em que casais representando deuses elevam o nível de sua energia Kundalini. Para tal devem manter prolongadas relações sexuais, entrando em êxtase, sem que haja a ejaculação masculina.

Nessas relações os corpos quase não se movimentam, portanto para que o homem consiga manter a ereção, a mulher precisa movimentar a sua vagina de forma a excita-lo continuamente.

O principal desses rituais chama-se Mahituna. Para todos os rituais existem exercícios específicos de preparação do casal. Desses rituais derivou-se o pompoarismo.